[ Fotografias da Delegação ]

Em 4 de Julho de 2011, o Governo da RAEM anunciou a criação da Delegação Económica e Cultural de Macau, em Taiwan, que visa intensificar o intercâmbio e a cooperação entre Macau e Taiwan em diversos âmbitos tais como educação, cultura, comércio, saúde e turismo, etc. Ao mesmo tempo, a Delegação proporciona serviços integrados aos residentes de Macau que se encontram a trabalhar, estudar, desenvolver actividades comerciais ou residir em Taiwan.
 
O Gabinete do Porta-voz do Governo realizou uma conferência de imprensa em 4 de Novembro de 2011, e o porta-voz do Governo, Chefe do Gabinete do Chefe do Executivo, Doutor Alexis Tam apresentou aos amigos da comunicação social a situação dos trabalhos preparatórios da Delegação Económica e Cultural de Macau, em Taiwan, enquanto que a coordenadora da Delegação, Dra. Nadia Leong, também presente na conferência de imprensa, abordou o futuro plano de trabalho da Delegação e as perspectivas.
 
O regulamento administrativo n.º 33/2011 - Criação da Delegação Económica e Cultural de Macau, em Taiwan que foi publicado em 14 de Novembro de 2011 no Boletim Oficial da RAEM, entrou em vigor no dia seguinte à sua publicação. A Delegação, após a fase preparatória, entrou oficialmente em funcionamento em 2 de Dezembro de 2011.
 
A Delegação Económica e Cultural de Macau foi inaugurada oficialmente em 13 de Maio de 2012. Estiveram presentes na cerimónia de inauguração em Taiwan, o secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Cheong U, o chefe do Gabinete do Chefe do Executivo, Alexis Tam, dirigentes das diferentes entidades públicas bem como representantes dos domínios de cultura, educação e turismo, etc.
 
As principais atribuições da Delegação Económica e Cultural de Macau são: 1) Assegurar a prestação de serviços e apoio aos residentes de Macau que se encontram a trabalhar, estudar, viajar, desenvolver actividades comerciais ou residir em Taiwan, designadamente assistência em situações de emergência; 2) Promover o intercâmbio e a cooperação entre Macau e Taiwan, designadamente nas áreas da economia, comércio e turismo, ciência e tecnologia, protecção do meio ambiente, educação, cuidados de saúde, criatividade cultural, publicações académicas, formação profissional e benefícios sociais; 3) Promover o reforço da cooperação no âmbito do combate ao crime e da assistência judicial.

[ Fotografias da Delegação ]